Estratégias para enfrentar o palco

[Total: 2    Average: 5/5]
O medo do palco é bom e faz-nos melhorar! Não acredita? É verdade! Antes de aprender a Falar em Público, é importante estar preparado o fazer. O medo do palco é um fenómeno que devemos aprender a controlar, se queremos ser bons a Falar em Público. Na verdade, o medo do palco não é o termo mais preciso para o nervosismo que ocorre quando se enfrenta uma audiência, pois a maior parte do medo ocorre antes de entrar no palco. Tente pensar em medo do palco de uma forma positiva. O medo é o seu amigo. Torna os seus reflexos mais nítidos e aumenta a sua energia. Quando está nervoso com o discurso está automaticamente mais consciente da sua postura e respiração. Com todos estes efeitos colaterais, irá parecer mais saudável e mais atrativo fisicamente.

Mesmo os melhores comunicadores têm algum receio do palco. É uma sensação que poderá desaparecer e aparecer esporadicamente, mas não é eliminada por completo. Por isso, deverá concentrar-se em conseguir ter o controlo do seu comportamento.

De acordo com vários estudos, muitas pessoas indicaram a fobia mais temida Falar em Público, tendo mais percentagem do que o medo da morte. Se isto se aplica a si, experimente algumas das estratégias que indicaremos para ajudá-lo a sentir-se sob controlo.

Mas afinal quais são os sintomas do medo do palco? Verifique se costuma sentir algum dos seguintes pontos:

  • A boca seca;
  • A garganta apertada;
  • As mãos suadas, frias ou trémulas;
  • Enjoos;
  • Batimento cardíaco acelerado;
  • Os lábios a tremer.

Poderá ter outros sintomas e caso isso aconteça gostaríamos que partilhasse connosco no comentário a este artigo.

Apresentamos algumas formas de conseguir ultrapassar o medo ou o receio do palco, embora não haja uma solução universal e cada caso é um caso. Teste as seguintes sugestões e encontre a combinação certa para si:

  • Pense que consegue Falar em Público sem problema;
  • Imagine que está a conversar com o seu grupo de amigos;
  • Imagine o público a aplaudi-lo;
  • Recorde-se de momentos felizes da sua vida;
  • Pense no que a sua mensagem poderá ajudar a plateia;
  • Imagine a audiência despida.

Para que consiga relaxar momentos antes da apresentação deverá ter alguns cuidados para melhorar a sua Performance. Prepare-se ao máximo, treine várias vezes e se possível à frente de pessoas desconhecidas ou com quem não tem uma afiliação. Se possível adquira prática com um coaching individual ou em cursos específicos em que possa aprender mais sobre como melhorar a sua Performance. Tente ao máximo antecipar as perguntas, especialmente as difíceis.

Chegue mais cedo ao local onde fará a sua apresentação e verifique as condições da sala ou do auditório. Aproveite para trocar ideias com alguns dos participantes e tente perceber quais as suas expectativas. Assim, ficará a saber se o seu discurso será relevante para a audiência e que pontos poderá dar mais ênfase. Se não se sentir confortável poderá optar por ouvir música e ir para um lugar privado e aquecer a voz. A respiração é muito importante, pois poderá ter impacto em muitos dos sintomas, como as mãos suadas, o batimento cardíaco acelerado, entre outros. Tente respirar profundamente, de forma uniforme e lentamente por alguns minutos.

Enquanto estiver a apresentar se as pernas tremerem poderá sempre inclinar-se sobre o púlpito, caso tenha um. Tente ao máximo não colocar as notas nas suas mãos, pois se estiver nervoso a audiência conseguirá ver as suas mãos a tremer. Estabeleça contacto visual com algumas pessoas da audiência, que sentir que estão mais atentas e que o façam sentir mais seguro e confiante.

A grande conclusão é não deixar que o nervosismo o afecte de modo prejudicial, tente utilizá-lo a seu favor. Isto porque quando estamos muito nervosos acabamos por não demonstrar o nosso potencial.