Equipas produtivas = Equipas reconhecidas (Parte I)


Reconhecimento: A ferramenta número 1 para gerar compromisso!

Reconhecer os colaboradores, por ser tão importante, pode facilmente tornar-se exaustivo e altamente stressante para qualquer líder.  Reconhecer o que as pessoas fazem de positivo, equilibrar as recompensas intrínsecas e extrínsecas e ajudar os colaboradores a crescer, pode sobrecarregar qualquer um. 

Ao longo da minha vida, tenho vindo a investigar as práticas de liderança que realmente garantem resultados e, sem margem para dúvidas, o reconhecimento é uma delas. Com base nestas descobertas, apresento-lhe um guia que lhe vai permitir saber exatamente como criar uma cultura de reconhecimento, que por um lado tornará a sua equipa mais feliz e, por outro,  garantirá muito mais resultados organizacionais, aumentando a performance e reduzindo os custos. Como? E só continuar a ler…

O que é o reconhecimento?

Reconhecimento não tem qualquer relação com dinheiro. Na verdade, não tem que gastar um cêntimo para reconhecer alguém. Há uma grande confusão entre recompensas e incentivos.

Muitos líderes ainda não compreendem o que significa reconhecer um colaborador.  Reconhecimento é demonstrar apreciação por um trabalho bem feito. É demonstrar aos colaboradores que repara neles e aprecia o trabalho duro que estão a desenvolver.

Na teoria é muito fácil, mas para ser bem sucedido terá que ter em atenção em muitos aspectos.

Se incorrer no erro de confundir reconhecimento com recompensa vai desperdiçar dinheiro e arruinar a motivação. As pessoas não querem que gaste dinheiro com elas, apenas querem ter a certeza que repara no seu trabalho. Só isso.

Há muitos artigos científicos – a que já me referi anteriormente noutros artigos e nos meus dois livros – que atestam que quando adicionamos dinheiro a uma tarefa, estamos a reduzir a motivação de quem a executa. Em psicologia este fenómeno chama-se sobrejustificação. Uma tarefa que já era motivadora intrinsecamente (por exemplo, realizar um bom trabalho) de torna-se motivadora extrinsecamente. Obvimente, quando removerou reduzir a recompensa, o interesse cai imediatamente. Ou seja, a motivação intrínseca desaparece e as recompensas extrínsecas passa a ter que ser oferecidas continuamente para que a atividade continue a ser realizada.

‘Reconhecimento de um colaborador é demonstrar apreciação por um trabalho bem feito!’

Por que é que o reconhecimento  é importante?

A rotação de recursos humanos  é muito cara. A maioria das estatística atesta que essa rotação custa cerca de 30% do salário anual do colaborador em questão. No entanto, há outras defendem que pode custar dobro do salário anual do colaborador, especialmente se for um cargo executivo ou altamente qualificado.

Se pensarmos no tempo, energia e dinheiro necessários no recrutamento e formação, as estimativas mais elevadas acabam por parecer bastante plausíveis.

Custos que deve ter em conta quando substitui um colaborador.

  • Custos de recrutamento (entrevistas, filtragens e publicidade);
  • Custos de integração;
  • Perda de produtividade. São necessários no mínimo três meses para um colaborador começar a acrescentar valor;
  • Custos de formação.

Reconhecimento regularmente os seus colaboradores é a resposta que vai garantir que os seus colaboradores querem ficar consigo. Uma investigação levada a cabo pelo Dr. Donald Clifton’s demonstrou que as pessoas que recebem reconhecimento regular:

  • Aumentam a produtividade individual;
  • Aumentam o compromisso;
  • Têm mais tendência a permanecer mais tempo na organização;
  • Têm mais clientes leais e melhores avaliações;

11 estatísticas elucidativas sobre reconhecimento dos colaboradores:

  • A razão número 1 que faz com que as pessoas abandonem os seus empregos é o facto de não se sentirem apreciadas
  • Organizações com filosofias de reconhecimento efetivas têm um turnover voluntário 31% mais baixo do que que organizações sem este princípio.
  • 90% dos colaboradores afirma que impacta o seu compromisso
  • 68% das pessoas afirma que impacta a retenção
  • Empresas com sistemas de reconhecimento estratégicos exibem níveis de frustração 26.6% mais baixos do que empresas sem sistemas de reconhecimento.
  • 66% dos HR Managers afirma que é fundamental para construir uma empresa mais atrativa para os colaboradores;
  • 86% dos gestores afirma que aumenta a felicidade dos colaboradores;
  • 58% das pessoas deseja mais reconhecimento para aumentar o compromisso;
  • 85% dos colaboradores afirma que adiciona humanidade ao local de trabalho